"Uma atividade voluntária exercida dentro de certos e determinados limites de tempo e espaço, segundo regras livremente consentidas, mas absolutamente obrigatórias, dotado de um fim em si mesmo, acompanhado de um sentimento de tensão e alegria e de uma consciência de ser diferente de vida cotidiana." (Huizinga, Johan. Homo ludens: o jogo como elemento da cultura. 5ed. Saão Paulo: Perspectiva, 2007)
De todos os brinquedos que a vida me deu, o que mais me cativou foi o de jogar com as palavras. O jogo se faz completo quando escrevo e alguém replica, quando replico o que escrevem... É na intenção de reunir jogadores e assistência, que meu blog é feito.



terça-feira, 2 de agosto de 2011

meu drão...

é, Erasmo...
desde eras remotas,
há sóis erramos!
aramos o campo
matamos a hera
cultivamos amor árido
arautos de dor e caos.
nem hereges, nem heróis
éramos nós
e noz.

6 comentários:

''SOL'' disse...

linda poesia!... parabéns! ;)
bem... até agora não sei o q significa drão... mas o mais importante é o efeito de toda essa beleza de poesia....

Elimacuxi disse...

Oi Sol... "Drão" é referência a uma letra lindíssima do Gilberto Gil. Bj!

Cora disse...

"Uma semente de ilusao..." Era assim a letra? rs Bj Eli

Elimacuxi disse...

é Corita... tem outra parte que diz: "não pense na separação..." bj pra ti também.

paulo henrique disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Henrique Elffers Greene disse...

Eu gostei, acho que poesia tem um significado para cada um, tanto para o autor quanto para o leitor, para mim tem um significado, para entendermos melhor as poesias temos que trazer algum significado para nos, para a dor da alma, sentimento do coração, e a reflexão da mente!!! beijos Eli, eu te persigo ou seja eu te sigo, lembrei daquele vídeo daquele rapaz que dizia que ninguém cutuca ele, e nem segue ele no Twitter!! rsrsr