"Uma atividade voluntária exercida dentro de certos e determinados limites de tempo e espaço, segundo regras livremente consentidas, mas absolutamente obrigatórias, dotado de um fim em si mesmo, acompanhado de um sentimento de tensão e alegria e de uma consciência de ser diferente de vida cotidiana." (Huizinga, Johan. Homo ludens: o jogo como elemento da cultura. 5ed. Saão Paulo: Perspectiva, 2007)
De todos os brinquedos que a vida me deu, o que mais me cativou foi o de jogar com as palavras. O jogo se faz completo quando escrevo e alguém replica, quando replico o que escrevem... É na intenção de reunir jogadores e assistência, que meu blog é feito.



segunda-feira, 2 de abril de 2012

Falsete

Two man dancing at a drag ball. ARBUS, D. 1970.

Ela passeia por estradas que já conheceu
desejando sentir o perfume que já foi seu
sorri em volta 
esperando de volta
um sorriso que nunca deu.

Sinceridade é moeda rara 
e ela não possui
acredita-se revolucionária
mas em duas tardes
a imagem rui:

Solitária 
pós-moderna
líquida e incerta.

Não tenho surpresa nem alegria
quando de novo o meu quintal visita
essa que fora uma promessa bonita  
revelada agora
só uma sombra vazia. 

4 comentários:

Bella disse...

cada sombra
na noite vadia
contorce uma imagem
produz outra via, outra
paisagem

te vejo por entre nesgas
dessas mesmas
ou de outras paragens

volta pra mim?
por que deixar a mente vagando,
tão imperiosa,
assim?

Elimacuxi disse...

tanto que tu te aprumas
nessa nossa imensa lavra
que fico inerme
sem nova e fresca palavra!

A Casca da Cigarra disse...

E a sem talento poético só pode dizer, às duas: Bravo.

Roberto Mibielli disse...

Que mal há num poema a três?
Que se faça a conta outra vez
E possamos mergulhar no lirismo
De cada um ao molho pardo
Não demorem que já me ardo
De vontade de dizer dubiamente
O que nossa poesia é completamente
Sigamos caindo
Os lábios rachados
E úmidos do mar que somos
Na contradição que amamos
Em cada falsete de cavalgada
Em nota musical alucinada
Que buscamos no infinito
A três é mais bonito