"Uma atividade voluntária exercida dentro de certos e determinados limites de tempo e espaço, segundo regras livremente consentidas, mas absolutamente obrigatórias, dotado de um fim em si mesmo, acompanhado de um sentimento de tensão e alegria e de uma consciência de ser diferente de vida cotidiana." (Huizinga, Johan. Homo ludens: o jogo como elemento da cultura. 5ed. Saão Paulo: Perspectiva, 2007)
De todos os brinquedos que a vida me deu, o que mais me cativou foi o de jogar com as palavras. O jogo se faz completo quando escrevo e alguém replica, quando replico o que escrevem... É na intenção de reunir jogadores e assistência, que meu blog é feito.



terça-feira, 27 de outubro de 2009

Ave Roraima


Ave Roraima que canta

feito pássaro mítico.

No peito de quem se encanta

por seus líricos fascínios

correm rios, cores quentes

queimam lavrados ardentes

choram guaribas no cio.

Mesmo quem vem do asfalto

Do barulho e da poeira

Quando vê, é roraimeira

Pretoneuberliakin...

Ave Roraima que canta

Amor que chega e suplanta

Todos os males em mim!

3 comentários:

Blenda disse...

É...que mal lhe pergunte...o que é "Pretoneuberliakin"?

Felipe Azevedo disse...

Seria a junção de Zeca "Preto", Neuber "Uchôa" e "Eliakin" Rulfino

Alla Leopoldina disse...

Informamos que o Edital do 25º Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos já se encontra disponível em nosso blog: www.academialeopoldinense.net

As inscrições serão abertas no próximo dia 8 de agosto.