"Uma atividade voluntária exercida dentro de certos e determinados limites de tempo e espaço, segundo regras livremente consentidas, mas absolutamente obrigatórias, dotado de um fim em si mesmo, acompanhado de um sentimento de tensão e alegria e de uma consciência de ser diferente de vida cotidiana." (Huizinga, Johan. Homo ludens: o jogo como elemento da cultura. 5ed. Saão Paulo: Perspectiva, 2007)
De todos os brinquedos que a vida me deu, o que mais me cativou foi o de jogar com as palavras. O jogo se faz completo quando escrevo e alguém replica, quando replico o que escrevem... É na intenção de reunir jogadores e assistência, que meu blog é feito.



terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Declaração de fim de ano*

quando você veio
eu já estava à espera
de alguém pra me acompanhar
pela grande esfera

eu nada entendia
mas entre sorriso e grossura
feitos de poesia pura
fomos mais que mera companhia!





quando você veio,
meu irmão amado,
fomos completos
a revirar o mundo como detetives
e em nossos nós sobrevivem
anseios estetas
e as palavras de poetas
batucadas em latas no quintal
pedaços que selam nosso laço sem igual

amizade que é tango, é samba, é vida completa e anuncia
que você está comigo, mesmo que eu não o veja todo dia

mais que em qualquer doutor
em ti, minha admiração e amor,
eu guardo
forjado na bruta lida
tu és, Eduardo,
o homem da minha vida.

*para Eduardo, meu mano.

2 comentários:

alcemir teixeira disse...

Lindo eli fez lembrar meu irmão!

alcemir teixeira disse...

Lindo eli fez lembrar meu irmão!