"Uma atividade voluntária exercida dentro de certos e determinados limites de tempo e espaço, segundo regras livremente consentidas, mas absolutamente obrigatórias, dotado de um fim em si mesmo, acompanhado de um sentimento de tensão e alegria e de uma consciência de ser diferente de vida cotidiana." (Huizinga, Johan. Homo ludens: o jogo como elemento da cultura. 5ed. Saão Paulo: Perspectiva, 2007)
De todos os brinquedos que a vida me deu, o que mais me cativou foi o de jogar com as palavras. O jogo se faz completo quando escrevo e alguém replica, quando replico o que escrevem... É na intenção de reunir jogadores e assistência, que meu blog é feito.



segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Vida Corporificada Elimacuxi LeCorps

4 comentários:

Carolina Viana Albuquerque disse...

Lindo trabalho ddesvalorização do corpo e sobre o que somos independente de padrões.
Parabéns ao grupo!

Jorge Macêdo disse...

"Demorô" - Visitei a exposição, e achei a ideia fantástica e bem concebida....Arte pura. Uma atitude que visa desmistificar um padrão imposto pela sociedade para definir beleza, colocado de uma forma simples e natural...Parabéns à todos que participaram do projeto. Quero participar dos próximos trabalho do Grupo.

Anônimo disse...

Amei, super poético e apaixonantemente, o grupo está de parabéns e a poesia ficou linda!!!

Francielen Leandro disse...

Lindo!! amei demais.